reuniões

"Para mudar algo, é muito mais útil criar novos modelos que deixem os antigos obsoletos."

Buckminster Fuller

A maioria das reuniões ainda são palcos onde os atores desempenham papeis ditados pelo hábito, onde discretamente se despejam culpas e se fabricam desculpas para a manutenção do status quo.

Esta é uma questão essencial para a eficiência das Reuniões, que tantas vezes a urgência e os hábitos deixam ficar de lado.

 

Fazemos e participamos em tantas reuniões, tantas vezes sem vontade, apenas com o sentido do dever e com a sensação de que estamos a perder o nosso tempo.

 

Hoje já estão á nossa disposição simples ferramentas de Gestão de Reuniões cuja implementação farão a diferença nos Resultados do seu grupo de trabalho.

 

Mas antes da Gestão da Reunião propriamente dita há que questionar a agenda e verificar se a metodologia da Reunião é realmente a melhor estratégia de abordagem. Se efectuarmos esta questão com método e sem a pressão dos hábitos, iremos chegar à conclusão que, a grande maioria das reuniões em que estamos envolvidos são desnecessárias e as realmente úteis não são realizadas.

 

Sim, é possível deixar as Reuniões improdutivas e maçadoras ficarem para a história

Quer saber o índice de produtividade das suas Reuniões?

O nível de produtividades das reuniões é inversamente proporcional ao carácter informativo das mesmas.

People are our business

2019, UQ35

Lisboa, Portugal