Quanto mais divergente for o contexto das dinâmicas sociais e organizacionais em que nos inserimos, mais difícil é ouvir e fazermo-nos ouvir. O tempo parece escassear.

 

As atenções e interesses movem-se imprevisivelmente e a comunicação é um desafio constante. Os diálogos são tantas vezes sobreposições de monólogos pintados de conflitos manifestos ou latentes. As verdades movimentam-se como espadas ágeis e bem afiadas.

 

É nestes contextos que, dominar as técnicas de persuasão faz sentido e se torna mesmo imperativo.

 

Dominar estas técnicas significa conseguir dominar um conjunto de ferramentas que nos permitirão compreender o outro e captar a sua atenção e o seu interesse, assim como conciliar estratégias e objetivos.

.

persuasão

"As únicas coisas que evoluem por vontade própria numa organização,

são a desordem, o atrito e o mau desempenho."

Peter Drucker

A arte da Persuasão estará no discurso de quem fala, ou no discurso de quem ouve?

People are our business

2019, UQ35

Lisboa, Portugal